Enfermagem

CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS DE HOMENS COM HEMOFILIA NO SUL DO BRASIL

Este estudo objetivou descrever as características sociodemográficas de homens com hemofilia em acompanhamento por um Hemocentro Regional situado no Sul do Rio Grande do Sul, Brasil. Trata-se de um estudo qualitativo e descritivo, cuja coleta de dados ocorreu entre junho de 2014 e novembro de 2015. Aplicou-se a técnica de entrevista intensiva e notas de campo e a análise dos dados foi do tipo descritiva.

Participaram 12 homens com a forma grave da hemofilia e idade entre 19 e 55 anos, a maioria com hemofilia A, são casados, residentes em municípios da zona Sul do Rio Grande do Sul, com doenças infectocontagiosas, sequelas articulares e histórico de antecedentes familiares de hemofilia que evoluíram para o óbito, e metade deles com filhos e aposentados por invalidez.

Conclui-se que descrever as características sociodemográficas dos homens com hemofilia pode aproximar os profissionais de saúde, sociedade e família acerca de quem eles são, além de promover o conhecimento sobre a doença e suas consequências sociais e fomentar uma prática de cuidados voltada para as necessidades de saúde e promoção da qualidade de vida.

Aline Machado Feijó; Eda Schwartz; Fernanda Lise; Bianca Pozza dos Santos; Lílian Moura de Lima Spagnolo

Revista Ciência, Cuidado e Saúde. Volume 17, N.4, 2018

Imagem para capa da revista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s